Patrocinadores

Arquivo

VISITAS

sexta-feira, 4 de maio de 2007

"SUBIDA DO VALE DA BOUÇA VAI SER TRÊS EM UM"

NOTICIA PUBLICADA HOJE NO DIARIO XXI "Grupo Desportivo da Bouça (Covilhã) organiza 18ª edição de uma prova que conta para os calendário nacional Este ano, o Grande Prémio da Serra da Estrela/Subida do Vale da Bouça vai contar para a primeira etapa da Taça de Portugal de Corrida em Montanha e o primeiro Campeonato Distrital de Montanha Liliana Machadinha Com 18 anos de experiência a organizar o grande prémio da Serra da Estrela/Subida do Vale da Bouça, este ano, pela primeira vez, a prova vai englobar mais duas competições: a primeira etapa da quarta Taça de Portugal de Corrida em Montanha e o primeiro Campeonato Distrital de Montanha. Foi o gosto pelo atletismo que criou a colectividade do concelho da Covilhã e, por isso, Ilídio Reis, presidente da Assembleia Geral, reclama para a associação o título de “pioneira nacional em provas de montanha”. O grande prémio da Serra da Estrela é o principal destaque da colectividade e o de domingo, dia 13, é já o 18º. O percurso vai ser no sistema sempre a subir, com uma distância de 11 mil 689 metros para os juniores, seniores e veteranos, com excepção dos escalões de juniores e veteranos femininos que irão correr cinco mil metros. A partida está marcada para a localidade de Cortes do Meio, às 10h30, e termina nas Penhas da Saúde uma hora depois. Para este ano, a organização programou ainda diversas actividades paralelas à subida. São disso exemplo uma caminhada e uma prova de BTT de caracter lúdico. A competição é realizada pelo Grupo Desportivo Animação Cultural de Bouça (GDACB), Federação Portuguesa de Atletismo e Associação de Atletismo de Castelo Branco (AACB). São esperados cerca de duas centenas de atletas, pois “é uma prova de elite e de selecção, o que faz com que qualquer pessoa que chegue ao final já seja um campeão”, adianta David Bizarro, actual secretário da direcção e ex-presidente. A subida ao Vale da Bouça conta com um orçamento aproximado de 15 mil euros, um montante difícil de conseguir, uma vez que os apoios são “escassos”, segundo o responsável. As ajudas têm chegado da Junta de Freguesia local, Instituto Português da Juventude, INATEL, AACB e comércio tradicional. “Nós não queremos que nos paguem as despesas. Pretendemos é que nos ajudem com elas, porque até ao momento não tivemos quase nada”, queixa-se, adiantando que os objectivos serão cumpridos, “nem que tenhamos de pagar do nosso bolso e depois logo se vê como reavemos o dinheiro”. “Tudo começou por uma prova de bairro e, actualmente, é nacional”, recorda com orgulho. Competição ibérica e europeia são sonhos À procura de apoios para provas internacionais “Há aqui muito trabalho, dedicação, valor e resultados óptimos. E quem nos deveria apoiar não nos dá nada”, critica David Bizarro, referindo-se à Câmara da Covilhã e Região Turismo da Serra da Estrela. “Se nos dessem, nem que fosse mil euros, ajudavam-nos imenso”, queixa-se, descrevendo a situação como “desmotivante”. Para o secretário, “falta reconhecimento a uma prova que é nacional e que traz muito turismo à região” e “nem uma palavra de incentivo existiu”. Os responsáveis do GDACB têm em mente criar uma taça ibérica de montanha, assim como enviar a candidatura para a Federação Internacional de Atletismo para receber uma das etapas do campeonato europeu. Se existe o entendimento de que uma prova ibérica é possível fazer “orgulhosamente sós”, o mesmo não acontece com uma etapa europeia. “Não temos poder e influência suficientes para conseguir que a candidatura seja aprovada”, confessa David Bizarro. Os dirigentes tiveram já uma reunião com o assistente do presidente da Câmara da Covilhã, onde foram pedidos apoios para os projecto expostos. No entanto, “Paulo Rosa disse que essas decisões não lhe cabem a ele”. E as ajudas seriam canalizadas para o transporte dos atletas. “Sem apoios poderia causar algum constrangimento”, explica o secretário da Associação. Perfil de David Bizarro Treinador, depois de atleta Actualmente David Bizarro é o treinador dos 25 atletas que o grupo representa e tem 25 anos. Começou a correr ainda em criança e, no ano de 1996, envergou oficialmente a camisola da colectividade da qual é agora dirigente. Não se recorda do número total de provas em que participou, mas “foram muitas”. Entretanto, os resultados do seu esforço começaram a multiplicar-se em vitórias e mudou-se para o Grupo Desportivo da Mata (Covilhã), onde esteve dois anos como júnior e um como sénior. Durante estes três anos, “títulos distritais foram muitos”, especialmente na modalidade de montanha, mas também correu em corta-mato e estrada. A nível nacional, foi duas vezes campeão por equipas e, como sénior, ficou em segundo, mas dm igualdade pontual com o vencedor. Segundo explica, em caso se empate a classificação final conta-se pelos tempos de cada elemento da equipa e “o terceiro deles foi melhor que o nosso”. David Bizarro conseguiu estes triunfos nos anos de 2000 a 2002 e, entretanto, deixou de correr e tornou-se treinador dos atletas da Bouça os quais considera “os melhores do mundo”, destacando o talento de Samuel Barata, com 13 anos. Pista é a vertente de atletismo em falta “Precisamos de técnicos experientes” A única vertente de atletismo que falta ao grupo da Bouça é a de pista. “Corremos em todas, mas se tivéssemos alguém especialista em pista para treinar os atletas seríamos muito melhores”, assegura David Bizarro. Admitindo as suas “limitações técnicas” realça: “Treino-os na mesma e ensino-lhes o que posso, mas sei que podiam evoluir muito mais com um especialista”, lamenta, frisando que são uma associação que aposta na formação. Ainda assim, coloca-se o mesmo problema com que se têm vindo a debater há alguns anos: “O número de interessados continua a crescer, mas não temos transporte para todos. Precisamos de uma carrinha”. Até ao momento, são os carros privados dos dirigentes da colectividade que servem para levar ao atletas às provas, conta em tom de lamento. Ficha Técnica: Nome: Grupo Desportivo Animação Cultural da Bouça Fundação: 27 de Maio de 1976 Morada: Rua Ferreira de Castro, 6215-121 Bouça Endereço electrónico: desportivodabouca.blogspot.com Sócios: 100 Quota anual: 5 euros"